Club de
Palmital

PAUL PERCY HARRIS,O FUNDADOR DO ROTARY INTERNATIONAL

Paul Percy Harris nasceu em 19 de abril de 1868 em Racine, Wisconsin, nos Estados Unidos, ao norte de Chicago. Foi o segundo dos 6 filhos de George N. Harris e Cornelia Bryan Harris. Por problemas financeiros, aos dois anos foi morar, juntamente com seu irmão Cecil, então com 5 anos, com seus avós paternos Howard e Pamela Harris, na cidade de Wallingford, no Estado de Vermont, nos Estados Unidos.

Foi aí que praticamente começou o direcionamento da vida de Paul Harris, como ele mesmo recorda em suas memórias "Meu Caminho para Rotary": “ Eu tive o privilégio de viver em um lar estável, onde não faltava nada e nada era excessivo; onde os ideais eram os mais elevados e a educação era o objetivo supremo.” Esta visão em direção à educação o levou às Universidades de Iowa, onde se formou advogado e obteve o título de doutor honorário na Universidade de Vermont.

Ao receber o seu diploma, Paul decidiu que passaria cinco anos conhecendo o mundo antes de se dedicar à sua nova profissão de advogado. Foi neste tempo que trabalhou como repórter de jornal, professor de economia, ator de teatro e cowboy. Fez também inúmeras viagens pelos Estados Unidos e Europa como representante de uma companhia de mármores e granitos.

Finalmente, em 1896 decidiu advogar em Chicago. O ambiente da cidade era difícil, com muita imoralidade, Incêndios fraudulentos, e falências, melhorando em 1900 com o fechamento das casas de jogos e tavernas, com a Promulgação da Lei Federal de Falências e a segregação da prostituição. Foi advogado durante 32 anos, membro do Colégio de Advogados do Estado de Illinois, do Colégio Americano de Advogados e Presidente da Comissão de Ética Profissional do Colégio de Advogados de Chicago. Em um dia no outono de 1900, Paul P. Harris se encontrou com o advogado Bob Frank para jantar em um luxuoso bairro no norte de Chicago. Eles saíram para uma caminhada parando em algumas lojas no caminho. Harris ficou impressionado com a maneira como Frank tinha feito amizades com muitos dos vendedores.

Desde que se mudara para Chicago para abrir seu escritório de advocacia, Harris não havia encontrado a mesma Camaradagem que Frank tinha com seus colegas empresários, e naquele momento começou a pensar em como encontrar esse tipo de companheirismo que o lembrava da cidade em que ele havia crescido na Nova Inglaterra. Em 23 de fevereiro de 1905 Paul Harris, juntamente com outros três homens de negócios: Silvester Schiele, comerciante de carvão, Gustavus Loehr, engenheiro de minas e Hiram Shorey, alfaiate, reuniram-se no Edifício Unity, na N orth Deaborn Street, 127, 7º andar formando o primeiro clube. O primeiro Presidente foi Silvester Schiele. O clube recebeu o nome de “Rotary” devido ao fato de que seus sócios se reuniam em rodízio nos respectivos locais de trabalho, em um sistema de rodízio. Seu quadro associativo cresceu rapidamente. Em 1907 surgiu o primeiro projeto comunitário: a instalação do primeiro sanitário público da cidade de Chicago, localizado perto da Prefeitura.

Em 1910 foi realizada a primeira Convenção, congregando se os clubes na Associação Nacional de Rotary Clubs. Paul Harris foi eleito Presidente da Associação. Nessa Convenção, por proposição de Arthur Frederik Scheldon, professor de marketing, foi adotado o lema: “mais se beneficia quem melhor serve seus companheiros”. Paul conheceu a sua futura esposa Jean Thompson em 1910 durante um passeio organizado pelo Prairie Club of Chicago, um grupo de amadores de atividades ao ar livre que ele ajudou a formar. Paul e Jean casaram-se em julho Daquele mesmo ano e dois anos mais tarde Paul construiu uma casa com vista para o campo onde eles se encontra ram pela primeira vez. A casa recebeu o nome de Comely Bank, o mesmo nome da rua onde Jean morou em sua infância, em Edimburgo, na Escócia. Paul e Jean não tiveram filhos.

Na 2ª Convenção, em Portland, Oregon, no ano de 1911, Paulo foi reeleito, dedicando-se ao desenvolvimento e expansão. Aprovou-se a proposta de Benjamin Franklin Collins, adotando-se o lema: “Servir, porém não a si próprio. Somente 40 anos depois, na Convenção de 1950, em Detroit, Michigan, EUA, foram oficialmente designados os lemas: “Mais se beneficia quem melhor serve” e “Dar de si antes de pensar em si”. O primeiro Rotary Club fora dos Estados Unidos foi fundado em 1911 em Winnipeg, Manitoba, Canadá. Nesse ano Nasceu a “The National Rotarian” publicação precursora da revista "The Rotarian".

Na Convenção de Duluth, Minnesota, em 1912, o nome foi mudado para Associação Internacional de Rotary Clubes, e encurtado em1922 para Rotary International.

Os Harris viajaram pelo mundo promovendo Rotary, sempre reconhecido como personalidade mundial, destacada, tendo recebido inúmeras condecorações. No Brasil, em 1942, recebeu do Presidente Getúlio Vargas, a “Ordem do Cruzeiro do Sul.

Paul faleceu em Comely Bank em 27 de janeiro de 1947 com 79 anos e foi enterrado no cemitério Mount Hope, nos arredores de Blue Island, perto da sepultura de seu velho amigo Silvester Schiele. Após a morte de Paul, Jean retornou à Escócia, sua terra natal, onde faleceu em 1963, com 82 anos. Em "Meu Caminho para Rotary", Paul atribui os valores nele incutidos por seus avós e vizinhos, a base que o levou à concepção de Rotary:

O Rotary nasceu do espírito de tolerância, boa fé e serviço, qualidades Características de meus familiares e companheiros de infância na Nova Inglaterra. Tenho tentado transmitir minha fé nesses valores a outros Seres humanos, com a mesma intensidade com que ela brilha dentro de mim”.


Notícias do Clube

Seminário Internacional de Água e Saneamento Parcerias e Soluções

Este Seminário será realizado dentro do tema da área de foco de Água e Saneamento em paineis e apresentações, nos quais serão debatidos temas como: Parcerias Inteligentes, casos de sucesso na educação sobre Água e Saneamento, a visão do Rotary International, Desafios e Soluções para o abastecimento de água nas cidades, gerenciamento da disponibilidade de água, política de recursos hídricos no Brasil e apresentação de projetos desenvolvidos com sucesso por clubes e distritos brasileiros nas Zonas 22 e 23. Haverá espaço para a apresentação de paineis fotográficos descritivos de projetos realizados ou em execução.Este Seminário será realizado dentro do Termo de Cooperação Técnico-Financeiro assinado entre a Sanepar e os 4 distritos de Rotary International do Estado do Paraná. Este Convênio objetiva disseminar junto a comunidade do Estado do Paraná informações e conscientização sobre a preservação, revitalização e conservação dos recursos hídricos e da importância do saneamento básico, além da construção de Centros de Educação Ambiental. Para tanto há a previsão de formação em todos os 320 clubes, multiplicadores entre os mais de 7.700 Rotarianos, para que desenvolvam palestras em suas comunidades (esolas, centros comunitários, igrejas, etc.) dentro dos objetivos acima referidos, e na sequência a realização de projetos subsidiados pela Fundação Rotária que envolvam a participação dessa mesma comunidade.Haverá a participação de lideranças das diversas empresas de saneamento dos Estados do Brasil bem como as lideranças dos 38 distritos brasileiros. Será desenvolvida a motivação para que outras parcerias se desenvolvam ao longo do país com objetivos similares à que foi iniciada no Paraná.O Seminário irá se realizar em Curitiba, no auditório do Canal da Música (Rua Júlio Perneta,695), no dia 26 de maio de 2018, com início às 9;00 horas (inscrições no local à partir da 8;00 horas). Clique aqui para fazer sua inscrição.

Postado em 10 de Maio de 2018 por

Distrito 4630 celebra resultados com Conferência Internacional

O Distrito 4630 do Rotary International realizará nos dias 01 e 02 de junho, no Rafain Palace, em Foz do Iguaçu, a Conferência Internacional Sem Fronteiras. O evento comemorará os trabalhos desenvolvidos pelos rotarianos na gestão do maringaense, o engenheiro civil Mauro Carvalho Duarte Junior, governador 2017-2018 do Distrito 4630. Será uma oportunidade única de viver a internacionalidade do Rotary no Brasil, pois em razão da irmandade dos Rotary Clubs Ciudad del Este e Maringá Colombo, há 26 anos e dos Distritos 4630 e 4845 há 10 anos, a Conferência Internacional Sem Fronteiras reunirá argentinos, brasileiros e paraguaios. Pedro Julian Ortiz é o governador do Distrito 4845. A Itaipu Binacional é a patrocinadora oficial do evento, que terá ainda a presença inédita no Brasil do americano Paul Netzel, do Rotary Club de Los Angeles, maior autoridade no mundo da Fundação Rotária. “É muito gratificante saber que um dos principais nomes rotários do mundo prestigiará a nossa Conferência Internacional. Momentos de grandes aprendizados, companheirismo, nos esperam em Foz do Iguaçu, onde estaremos conectados com nossos amigos argentinos e paraguaios, vivendo o melhor de Rotary”, celebra o governador do Distrito 4630, Mauro Carvalho Duarte Junior. Estarão presentes também Antonio Hallage, Diretor do Rotary International 2009-2011 e Curador 2011-2015 da Fundação Rotária; Silvio Magalhães Barros II, Secretário de Desenvolvimento Urbano do Estado do Paraná; Gerónimo Laviosa, reitor da Universidad Nacional del Este; Chehab Elawar, governador do Distrito 5330, da Califórnia; Ministra Secretária Executiva da Secretaria Nacional de Habitação do Paraguai, Maria Soledad Nuñez Mendez; Francisco Pedro Domaniczky Lanik, Diretor de Coordenação Executiva da Itaipu Binacional; Ricardo Soavinski, Diretor Presidente da Sanepar e o ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima.

Postado em 10 de Maio de 2018 por

Fundação Rotária é tema de exposição na cidade de Garça

Com objetivo de fazer com que todos os associados compreendessem a importância da Fundação Rotária nas atividades do clube, os rotarianos que fazem parte do Rotary Club de Garça-Real, no Distrito 4510 do Rotary International, promoverem recentemente em reunião ordinária do clube rotário local, um debate sobre a Fundação Rotária com a presença do jornalista Márcio Cavalca Medeiros, associado do Rotary Club de Marília-Pioneiro, que esteve como Governador do D4510 do RI, na Gestão 2011-12, para ser o moderador do encontro, que contou ainda com as presenças de convidados e rotarianos de outros clubes da cidade. “Foi um encontro bem esclarecedor, explicativo e prático”, resumiu o presidente do Rotary Club de Garça-Real, o administrador de empresas, André Gustavo Alencar de Melo. Durante aproximadamente 60 minutos o convidado falou a respeito da organização mundial, dos objetivos, os propósitos e as diversas formas de ação humanitária no Mundo. “A Fundação Rotária capacita os rotarianos a apontarem soluções na comunidade”, disse Márcio Cavalca Medeiros que gostou da experiência da exposição “conversada”. “Foi interessante o encontro, porque houve a participação das pessoas, que acredito terem saído mais esclarecidas com os questionamentos formulados”, comentou o jornalista que tem visitado clubes e distritos participando de eventos rotários dos mais diversos. “Gosto de provocar as pessoas a pensarem, e este tipo de encontro favorece a conversa franca e esclarecedora”, disse o dirigente rotário. Para Márcio Cavalca Medeiros a Fundação Rotária é quem faz a diferença entre as demais organizações humanitárias. “Enquanto outros grupos necessitam de dinheiro para investimento humanitário, nós rotarianos temos o dinheiro disponível, necessitando, apenas de elaborar um bom projeto dentro das normas da nossa fundação”, explicou o dirigente rotário ao promover exemplos, comparativos e principalmente demonstração de ações que transformaram a vida de uma comunidade, graças a iniciativa dos rotarianos. “A comunidade necessita, o rotariano é o meio e a Fundação Rotária a solução”, apontou o rotariano convidado que está atualmente como Coordenador da Imagem Pública do Rotary para as Zonas 22A e 23A no Brasil. Aproveitando a oportunidade Márcio Cavalca Medeiros explicou com riqueza de detalhes as diferenças entre o Rotary e a Fundação. “Infelizmente muita gente pensa que é a mesma organização, mas não é”, enfatizou o dirigente rotário que fez questão de quebrar alguns paradigmas quanto a isto. “Rotary e Fundação são iguais a Família e o Trabalho”, começou. “Eu tenho minha família que é mantida pelo meu trabalho”, falou. “O Rotary age de acordo com a Fundação Rotária, ou seja, é através da Fundação Rotária que a humanidade é beneficiada, pelos rotarianos”, comentou o dirigente ao lembrar que o Rotary surgiu antes da Fundação. “Muita gente pensa que o Rotary não vive sem a Fundação, o que não é uma verdade, já que qualquer pessoa: rotariana ou não, pode ajudar a Fundação Rotaria”, enfatizou ao apontar alguns programas que são do Rotary e outros programas que são da Fundação Rotária, e que todos eles beneficiam a humanidade em geral. #Eficaz Comunicação Empresarial Ltda – METelefone:(14) 98137.7189 (Vivo) E-mails: redacao@eficaz.jor.br ou atendimento@eficaz.jor.brSite: www.eficaz.jor.br - Twitter: marciocmedeirosSkype: marciomedeiros8020www.facebook.com/EficazComunicacaoEmpresarial

Postado em 03 de Maio de 2018 por

Reuniões Quartas-Feiras | 20:00
Rua das Camélias,52